GEA se reúne no Recife

Médicos, advogados e juristas que integram o coletivo nacional Grupo de Estudos sobre o Aborto se reunirão amanhã (27), no Hospital Oswaldo Cruz, para discutir a violência contra os direitos sexuais e reprodutivos das mulheres no país e seu impacto na saúde pública. A escolha por Recife ainda é uma referência ao emblemático Caso Alagoinha, no qual uma menina de nove anos, grávida de um estupro cometido pelo padrasto corria risco de morte, mas a Arquidiocese de Olinda e Recife tentou impedir a interrupção terapêutica daquela gestação. O encontro começa às 9h.

Profissionais de saúde de todo o Brasil e membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) discutirão enfoques técnicos e éticos que envolvem assuntos tabus como o impacto do aborto inseguro na rede pública, estupro de vulnerável, feto com malformação grave incompatível com a vida numa idade gestacional avançada, entre outros. A partir das discussões e consensos serão desenvolvidas ações de articulação entre sociedade médica e justiça para garantir os direitos reprodutivos das mulheres.

Serviço: Pelo Fim da Violência Contra os Direitos Sexuais e Reprodutivos das Mulheres
Data: 27 de novembro a partir das 9:30h
Endereço: Auditório Jaime Scherb Hospital Oswaldo Cruz – Faculdade de Ciências Médicas
Rua Arnóbio Marques, 310, Santo Amaro, Recife – PE

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s